Estudo revela a boa aceitação da garrafa em tom ébano pelos consumidores de vinho

Qual é o impacto gerado no inconsciente do consumidor pela cor, forma ou tipografia do rótulo durante a compra de uma garrafa? O que fazer para detectar e atender às percepções e demandas desse público? 

Para responder a essas questões e ajudar clientes e comerciantes do segmento de vinhos e espumantes a compreenderem melhor os desafios do mercado, a Verallia França encomendou o estudo "O impacto da Neurociências na embalagem", desenvolvido em parceria com o renomado Instituto Mind Insights, da Bélgica.

O estudo, baseado em métodos científicos avançados, teve como foco principal a análise do impacto da cor da garrafa sobre o público, adotando como exemplo a inovadora tonalidade ébano, lançada recentemente pela Verallia, em comparação com as tradicionais garrafas verdes.

Veja aqui os resultados do estudo.

As garrafas em tom ébano são uma tendência internacional do mercado de vinhos e espumantes. Mantendo sua tradição de inovação e modernidade, a Verallia Brasil apresentou, durante a Feira Envase Brasil, no final de abril, em Bento Gonçalves, uma linha exclusiva de garrafas nesta tonalidade, importadas do Chile, e que se adequam as novas demandas do mercado, em busca de qualidade e refinamento.
“De coloração quase negra e elevada densidade, a tonalidade ébano da Verallia cumpre, exatamente, o papel de valorizar o produto e distingui-lo junto aos consumidores, tal como demonstrado pela pesquisa do Mind Insights”, afirma Susana Lazzari, gerente de vendas da Verallia.

Fonte: Verallia França, em parceria com o Instituto Mind Insights.